O que são os indicadores?

Os indicadores de sustentabilidade, quando utilizados no setor de geração de energia elétrica, fornecem aproximações para evidenciar a geração de energia em outras grandezas. Essas grandezas podem ser emissão de CO2 evitado, equivalente de árvores plantadas, equipamentos elétricos utilizados, entre outros. Esses são de extrema importância para dar a visibilidade à sustentabilidade que provém de fontes renováveis.

Como calcular os indicadores de sustentabilidade no Brasil?

Muitos indicadores prontos podem ser encontrados na internet, mas a maioria não reflete a realidade do Brasil. No mundo ainda existe muita geração de energia elétrica de fontes não renováveis como mostra o gráfico abaixo.

matriz mundial

Matriz Elétrica Mundial – (EPE, 2021)

 

Já no Brasil o cenário muda bastante,

matriz brasileira

Matriz Elétrica Brasileira – (EPE, 2021)

 

Em resumo:

comparativo

Comparativo – (EPE, 2021)

 

Assim, o Brasil possui uma matriz muito mais renovável do que a média mundial. Tal informação mostra a necessidade de utilizar fatores diferentes dos utilizados em outras partes do mundo. É possível ter acesso ao quantitativo das emissões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) para cada MWh gerado, ou seja, a quantidade de CO2 que pode ser evitado utilizando uma geração renovável.

Equivalente de CO2 evitado

O órgão governamental que fornece o quantitativo é o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, lá podemos verificar o histórico de emissões e usar desses dados para converter uma geração de um sistema fotovoltaico por exemplo.

Até a data de escrita desse post temos uma média, no ano de 2021, de 0,1266 toneladas de CO2 para cada MWh gerado. Com essa informação pode-se chegar a outros fatores como equivalente de árvores plantadas e equivalente de quilômetros rodados por automóveis.

Equivalente de árvores plantadas

Segundo a Agência Europeia do Ambiente, uma árvore adulta é capaz de reter durante 1 ano cerca de 22 kg de CO2, mas esse valor varia de acordo com o clima, a árvore e também a idade. De acordo com Sustainably Run, organização que promove o plantio de árvores, alguns estudos mostram alguns valores para climas diferentes. Em um clima tropical uma árvore consegue capturar pelo menos 25 kg de CO2 no ano. Já em climas temperados esse valor passa a ser 13 kg. Segundo René (2015), o tempo de vida médio de uma árvore é de aproximadamente 40 anos.

Partindo do valor de 13 kg de CO2 (árvores em clima temperado) capturado por ano e tempo de vida útil de 40 anos obtém-se valor de aproximadamente 0,2435 Árvores para cada MWh.

Equivalente de quilômetros rodados

Para o cálculo do equivalente de quilômetros rodados, pode-se utilizar a quantidade de 2,12 kgCO2 por litro e autonomia de 10 km/L. Então pode-se chegar a equivalência de aproximadamente 0,60 km para cada kWh gerado.

Considerações finais

Muitos são os indicadores que podem ser criados, todos aproximações. Essa publicação foi criada com a finalidade de dar mais clareza aos fatores utilizados. Mas deve-se ter ciência que esses podem não refletir exatamente alguns casos, claro que muito mais próximos da realidade brasileira.

 

Nota: Os coeficientes calculados são válidos para o momento da publicação.

 

Veja essa e outras publicações em nosso Blog.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *